Na Natureza Selvagem (2007)

Sabe aquele tipo de filme que mexe de verdade com a sua cabeça? Pois é, Na Natureza Selvagem (Into the Wild) foi um desses filmes pra mim… agora ele já faz parte da lista “filmes da minha vida“, ao lado de alguns outros que se tornaram pessoalmente importantes não apenas por seus roteiros brilhantes ou tomadas de cena inovadoras, mas por terem mexido de verdade comigo e com minha forma de pensar determinados aspectos da vida de maneira sincera e profunda.


Baseado em fatos reais, Na Natureza Selvagem, que tem roteiro e direção de Sean Penn, conta a história do jovem Christopher McCandless em sua busca por conhecimento e “iluminação”. Para tal, ele abandona sua família e tudo o que possui, partindo em uma jornada na sua maior parte em meio à natureza e distante de outros seres humanos. Inclusive podemos notar uma inquietação em seu estado de espírito em alguns dos momentos em que retorna, mesmo que de passagem, à “civilização”.

Quem me conhece há algum tempo sabe um pouco sobre meus próprios sentimentos a respeito da “sociedade”, dos seres humanos,  suas atitudes e relações e diversas outras coisas para as quais, muitas vezes, reajo de maneira radical e extremista. Pois esse é um dos motivos que, mesmo que eu não consiga explicar aqui em poucas palavras, me levaram a sentir tão tocado por esse filme.

Com atuações intensas, especialmente de Emile Hirsch (que interpreta Christopher), direção extremamente competente e segura e uma abordagem que não se rende à pieguice, Na Natureza Selvagem é um ótimo filme sobre, acima de tudo, a vida. Quando o protagonista descobre que “a felicidade só é real quando compartilhada”, minha maneira de ver algumas coisas já estava mudada para sempre.

Avaliação: 5/5

Anúncios

8 Respostas

  1. posso descer a lenha no texto??? rsrs.
    voce escreve ja de acordo com a nova ortografia? rsrs.
    zoeira. ta bonitinho o espaço. e o filme é foda. sem falar da trilha sonora… ai ai.
    este eu vi ha mais de um ano… lero lero. junto com pablo villaça e walter salles. \o/

  2. Esse filme tem sido bem comentado aqui em casa ultimamente, todo mundo assistiu e adorou… menos eu (que não vi). Eu lembro que ele foi bem elogiado quando saiu no cinema e todo mundo fala bem dele, então é um must-watch. Vou ver se me animo a procurar o DVD aqui em casa.

    Só acho que você deveria deixar o link pra baixar o filme, cara. E pra legendas.

  3. Esse filme me emocionou muito também, sobretudo nessa parte final que você mencionou.
    Sempre tive antipatia por esse Emile Hirsch, mas a forma como ele absorveu esse personagem serviu para mudar isso.

  4. um amigo me falou bem do filme e de uma musica foda da trilha, só q esqueci qual era…

  5. @Christian Costa: eu nunca havia assistido a nenhum filme com o Emile Hirsch, porém a “aversão” ao rapaz antes desse filme é algo comum entre as opiniões que vejo… hahaha… isso mostra como, algumas vezes, bons potenciais são desperdiçados… ou então a importância de um bom diretor de atores para “guiar” aqueles que podem ser mais limitados… =}

    @ulquiorra: toda a trilha sonora desse filme é belíssima… as músicas são do Eddie Vedder (Pearl Jam) e “encaixam” perfeitamente no filme… vale a pena…

  6. Bom…eu queria pacas ver esse filme outro dia, durante um certo snip, mas os caras ficaram enrolando…náá…nhéé…vamos assistir Brazil…não, porque Brazil isso…Brazil aquilo…e acabaram jogando duvido.

    A trilha sonora ja escutei 7234652394 vezes…falta só assistir o filme. Gostei de todas as músicas, mas as que eu mais curti foram Setting Forth, Rise, Long Nights e Society.

    Pelo jeito todo mundo que viu esse filme ficou ‘mexido’.

    Há um pequeno spoiler no post, quando yxhjsk publicou empolgadamente a frase master do filme….. finish him!

    Eu tava querendo assistir mais ainda depois que me falaram…’Cara, você vai ver a definição do cara sobre o que é felicidade, assiste lá pra vc ver’….. bom pelo jeito não preciso mais…. snif!

    Valeu hein!

  7. @icwnd: sorry man… foi o spoiler de leve… uhauhahua… mas ele não tira o brilho de filme, de maneira alguma… a jornada dele é que impressiona… e quando ele diz isso (e ainda mais algumas coisas) é que vc fica totalmente “mexido” mesmo… =}
    Aquele dia que vc ficou falando pra gente assistir, inssistido tanto, eu pensi que vc até já tivesse visto… hahaha… bom, fica a idéia pro próximo snip…

  8. FINISH HIM! DUVIDO!I! =0P´’´”´’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: